Na manhã de hoje (12/01) Uma guarnição da PATRAM de Rio Grande, em atendimento denúncia anônima de beneficiamento ilegal de pescados proveniente da captura no período de defeso. Deslocou até a localidade da Capilha, onde flagrou o armazenamento de cerca de 350 kg de peixe em filé, das espécies Traíra, Jundiá e Viola, separados em pacotes de 1kg, para comércio. O pescado foi submetido a avaliação pela Vigilância sanitária, a qual atestou que estava impróprio ao consumo humano, além destas espécies estarem em período cujo a captura é proibida, devido ao período reprodutivo.


 Diante dos fatos o responsável foi conduzido a delegacia de polícia civil, onde foi autuado em flagrante pelos crimes previstos no Art. 7 inciso IX da Lei 8137/90 e Art. 34 inciso III d Lei 9605/98. O pescado foi destinado a destruição.


Deixe seu Comentário


Moises chim malespinhas - 13/01/2021 07h32
Abraços meu amigo